Menu
SADER_FULL
sábado, 26 de maio de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

170 armas já foram entregues à PF no Estado

23 Jul 2004 - 07h30
O governo federal está oferecendo dinheiro para quem entregar armas de fogo, como parte da campanha de desarmamento iniciada no fim da semana passada. Nesta primeira semana do início da campanha, só em Campo Grande foram entregues 170 armas, de vários tipos e calibres. Os donos vão receber, dentro de 30 dias, a partir da devolução, valores que variam entre R$ 100,00 e R$ 300,00.

A orientação da Polícia Federal para quem tem uma arma e quer devolver é que a pessoa primeiro pegue uma guia para poder andar com o objeto. Essa medida evita que a pessoa seja presa por porte ilegal. Isso por que o estatuto do desarmamento agora restringe o porte a pessoas que trabalham na área de segurança ou que estejam sofrendo ameaça à integração física.

Uma portaria baixada ontem prevê que outros órgãos possam receber as armas, entre eles a polícia civil dos estados. Para isso, é preciso que seja firmado um convênio entre a Polícia Federal e essas entidades. Em Mato Grosso do Sul, ainda não há qualquer definição nesse sentido.
 
Bom Dia MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta transa com Ícaro e fica encantada
FÁTIMA DO SUL - FOTO DO DIA
FOTO DO DIA: Carreata dos caminhoneiros vista de cima em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - GREVE JÁ PREOCUPA
Situação já preocupa o setor alimentício 'Acendemos a luz vermelha', diz empresário em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - BUZINAÇO NA AVENIDA
Ao som do Hino Nacional, população e caminhoneiros fazem 'buzinaço' em Fátima do Sul
AGORA - DECISÃO DO PRESIDENTE
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas
FÁTIMA DO SUL - CARREATA DOS CAMINHONEIROS
Caminhoneiros preparam carreata e conclamam o comércio para que fechem as portas em Fátima do Sul
COPA DO MUNDO
Dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo não serão feriado
FÁTIMA DO SUL - PROTESTOS CONTINUAM
Bloqueios continuam e caminhoneiros convocam população para 'Parar Fátima do Sul'
VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível
TRABALHO ESCRAVO
Ministério do Trabalho resgata 15 trabalhadores de situação degradante